RAY DONOVAN ESTÁ DE VOLTA!


Continuando de onde eu parei sobre Ray Donovan, quando ele vai a Boston buscar James Woods – que no caso interpreta Sully Sulivan, o cara de quem Mickey roubou 500 mil dólares vinte anos atrás, antes de ser preso.
Sully e Mickey eram parceiros e roubavam bancos.
Para Mickey sair da cadeia antecipadamente, ele entregou todo mundo, Sully inclusive, e isso fez com todos se tornassem procurados pelo FBI – ou presos.
Então você pode imaginar a raiva que Sully deve estar de Mickey.
Ele não pestaneja em aceitar ir a Los Angeles, matar Mickey e sumir para as Maldivas.


Claro que nada sai como o combinado e Mickey consegue se safar.

Isso se torna um belo pesadelo para Ray, já que seu pai agora sabe que ele quer matá-lo. Além disso, ele já havia pago Sully e quer o dinheiro de volta.
Pra piorar: um astro à lá Tom Cruise, chamado Sean Walker - o verdadeiro assassino da moça cuja culpa recaiu sobre Mickey, que pagou por quinze anos e agora quer cobrar pelo silêncio – resolve fazer um filme com Mickey, já que no passado o pai de Ray trabalhava como consultor em algumas produções.
Porém, a moça que Sean Walker matou – cuja culpa caiu sobre Mickey – tinha um caso com Sully [e também era namorada de Ray!! Louco, né?] e ele estava mais sedento de sangue por ela ter morrido do que ser um foragido da justiça.
Então, o que Sully faz ao saber que quem matou seu amor foi o astro do cinema Sean Walker e amigo de Mickey?

Ele mata Sean.

E foge.

No meio disso tudo, Ray descobre que quem se correspondia com Mickey enquanto estava preso era Abby, a esposa de Ray. Ela praticamente chamou Mickey para eles.

E eu já falei que Mickey ainda mata um agente do FBI que está atrás de Ray e seus empregadores? Pois é---

Ao final da temporada, Ray precisa parar Sully, acertar as contas com o FBI e proteger sua família. De quebra, tentar se livrar de Mickey de uma vez por todas.

Claro, há muito mais, mas espinha dorsal é essa.

O que eu lamentei profundamente: a participação de James Woods termina ao final da temporada. Eu imaginava que ele voltaria à carga, botaria Mickey no chinelo e começaria uma guerra contra Ray, em LA. É, mas não foi o que aconteceu e a segunda temporada começa exatamente de onde a primeira terminou.

FBI, Mickey, o assassinato de Sean Walker, e agora o desaparecimento de Sully Sullivan após sua repentina reaparição depois de 20 anos. 


O que parecia ser a temporada mais complicada da vida de Ray Donovan se provou uma rotina.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A ARTE DE JOSÉ LUIS GARCÍA-LÓPEZ

ELLEN ROCHE COMO LARA CROFT

ME SENTINDO COMO VAL KILMER - 2