WHITESNAKE E SEU NOVO GUITARRISTA

Como você já deve saber, Doug Audrich não é mais o guitarrista da banda Whitesnake. Ele saiu há cerca de dois, três meses, depois de um trabalho ininterrupto de onze anos.

Audrich deu um novo gás à banda, quando co-compôs [se é que essa palavra existe] dois álbuns ao lado do dono e vocalista dos Snakes, David Coverdale: Good To Be Bad [2008] e Forevermore [2011]. E vou te contar: dois excelentes álbuns.

Aliás, é uma espécie de tradição do Whitesnake ter superguitarristas que acabam se tornando quase tão importantes quanto Coverdale. Foi assim com John Sykes em Whitesnake [de 1987], Steve Vai, em Slip of the Tongue [1989] e Adrian Vandenberg em vários outros álbuns.

A própria Forevermore, um petardo de nove minutos, muitíssimo bem feito só entrou graças à insistência do próprio Audrich, já que Coverdale já havia se dado por satisfeito com as demais canções.

Agora, sem ele, a vida segue e um novo guitarrista precisa tomar o posto.

Doug Audrich
E aí começam a pintar os rumores. Um deles, até mesmo, um dos mais absurdos, colocaria ninguém menos que Richie Sambora como o tal. E esse rumor surgiu da revista Rolling Stone espanhola.

Você está careca de saber que Sambora era o bambambam das cordas no Bon Jovi, até ser “misteriosamente” demitido pelo vocalista e patrão, Jon – dizem que é por causa de dinheiro, dizem que é porque o Richie consegue eclipsar o cantor, dizem que é porque a esposa de Jon, Dorothea, não gosta das mulheres com quem Richie anda [“biscates”, como ela chama] e que ele pode acabar levando o marido dela pro mau caminho. Se não levou até hoje, agora é que não leva mais, não é mesmo?

Enfim, Sambora está livre do Bon Jovi, gravou um álbum solo que quase ninguém ouviu – embora seja bom – e engatou um namoro com uma tal de Orianthi [que tocava pro Alice Cooper].

Se é Sambora mesmo o tal novo guitarrista do Whitesnake em breve saberemos. E já que sonhar não custa nada, que tal o Coverdale aproveitar e contratar o Duff Mckagan como baixista? Assim o Whitesnake volta a ser uma superbanda, cheia de estrelas e muito provavelmente com uma agenda lotada até o final dos tempos.

Lóóóóógico que, para controlar os egos não será muito fácil, mas para um cara que já tocou no Deep Purple e está aí, com o Whitesnake há quase quarenta anos, seria uma tarefa tranqüila.

Eu gostaria de ver Coverdale, Sambora e Duff ao lado dos atuais Tommy Aldridge, Reb Beach e Brian Ruedy.


EM TEMPO: o próprio Richie Sambora acabou [não sei quando exatamente] de declarar que não é o tal novo guitarrista do Whitesnake, deixando todo esse texto sem fundamento. Mas como eu já havia escrito tudo, então está aí.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A ARTE DE JOSÉ LUIS GARCÍA-LÓPEZ

ELLEN ROCHE COMO LARA CROFT

ME SENTINDO COMO VAL KILMER - 2