FRANK & WALTER - EDIÇÃO ESPECIAL


Em 2000, lá estava eu, novamente conversando com meu grande amigo, Anderson Cossa sobre uma nova oportunidade para publicarmos: eu tinha em mãos a edição de HQ – A Revista do Quadrinho Brasileiro.

A revista reservava espaço aos postulantes a quadrinhistas e aquilo me chamou atenção.
Muitas conversas, muitas idéias e muito planejamento até chegarmos em It’s My Life, a primeira história de Frank & Walter a ser escrita, desenhada e vista por outras pessoas que não apenas Cossa e eu.

Quando criamos Frank & Walter, no início dos anos 1990, eu escrevi o roteiro do primeiro capitulo [de um total de seis] e Cossa desenhou. Ninguém nunca leu.

Tal “edição” ficou jogada em algum lugar da minha casa – ou da de Cossa, sei lá – até criarmos uma nova versão, já em 1994, num formato americano.

Cossa desenhou toda a primeira edição e alguns amigos nossos leram – um deles levou para casa e nunca mais devolveu.

Em 1997, numa nova versão se deu. Mas paramos na página 7 – uma espécie de trailer.

Três anos depois, finalmente, chegamos a It’s My Life.

Essa história tem um peso, para mim, pelo menos, pois foi o meu divisor de águas: a partir dali, não mais parei de escrever roteiros; não mais parei de me dedicar verdadeiramente aos quadrinhos.

Em 2001, eu criei o Val. No ano seguinte, Cossa e eu fazíamos parte do coletivo Front.

Em seguida, ingressamos na Areia Hostil, por onde eu fiquei até 2005 e meu amigo um pouco mais, até 2006.

Em 2007 parti para minhas aventuras solo e estou por aqui até hoje.
Sem It’s My Life, nada disso teria acontecido.

Ao menos é o que eu imagino.

Sendo assim, resolvi relançar a história, com uma nova capa – mas ilustrada na época – e uma matéria sobre os bastidores da feitura da história.


Saboreie.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A ARTE DE JOSÉ LUIS GARCÍA-LÓPEZ

ELLEN ROCHE COMO LARA CROFT

ME SENTINDO COMO VAL KILMER - 2