Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2013

VAL NO PRIMEIRO ENCONTRO CULTURAL DE CAMBÉ

Imagem
No dia 18 de junho de 2013, terça-feira, aconteceu na cidade de Cambé, Paraná, o 1º Encontro Cultural na Biblioteca Pública da cidade.

E Val esteve presente, através do oneshot, O Consultor de Relacionamentos.


Como sou natural de Cambé, fui convidado, a acabei participando - o único quadrinhista no evento [há outros, creia, mas faltou um pouco de divulgação. Enfim---].

Muito legal ver tanta gente que curte arte, se desenvolve e se expressa através dela. Muita gente capacitada, com trabalhos premiados e muita eloquência para defender o próprio material.



Noventa por cento, eram artistas da cidade e um ou outro, de Londrina.

Esse 1º Encontro Cultural valeu para os artistas se conhecerem.

O grande entrave são as questões de "autoridades". Um dos porta-vozes da cidade, um vereador disse que aquele encontro era importante para mostrar os talentos "escondidos" na cidade.

Escondidos, como?

Uma das artistas [plástica, poetisa e escritora] já ganhou diversos prêmios, inclus…

JOE CHEGOU!

Imagem
Demorou um pouco mais do que havíamos previsto ou divulgado. Mas, enfim, Joe o Mendigo faz sua estreia em Plano-B HQ.
 Na próxima, estamos confiantes, já será em novo local, com novas instalações e beleza ímpar. Vamos ver. 

De qualquer maneira, segue abaixo a HQ, com excelente arte do amigo Fabio Lopes, alto nível como sempre.

 E de quebra, um preview do que está por vir por aí. Abraço!





JOE O MENDIGO!

Imagem
Joe o Mendigo estreia sua primeira HQ, aqui em Plano-B HQ.
Quando? 
Sexta-feira.
Fique ligado[a]!

PRIMEIROS ERROS - A SÉRIE QUE AINDA NÃO ACONTECEU

Imagem
Primeiros Erros é, provavelmente, a minha primeira grande saga solo - eu já tinha pensado em várias outras séries, como Frank & Walter, por exemplo, mas sempre as discutia com Anderson Cossa e, assim, muitas das ideias dele entravam nas tramas.

O ano era 2004, o franzine Manicomics estava no auge, principalmente com uma saga escrita e desenhada por Jean Okada: Kário.

Kário, se não me falha a memória, saiu em três ou quatro partes.

Naquele momento, eu pensei no que poderia fazer, em termos de roteiro, para substituir Kário à altura.

Claro, era muita pretensão minha imaginar que eu pudesse criar algo tão bem feito quanto o trabalho de Okada, mas a ideia era justamente elevar o nível e chegar perto disso.

Daí, surgiu Primeiros Erros.

Uma saga em seis partes de oito páginas cada, contando a história de Vicente, um rapaz que volta à sua cidade natal, após uma tragédia ter acometido sua família. Pior, é a segunda tragédia - já que a primeira o fez ir embora.

Agora, com os anos fora de …