WASTING LOVE – 20 ANOS



Era 1992, a guerra entre Guns N Roses e Nirvana estava deflagrada. O Black Álbum do Metallica também já havia dado as caras. Faith No More havia surpreendido com o cover “Easy”, dos Commodores.

Até o Kiss havia criado uma balada cinco anos antes, chamada Forever.

E eis que surge, nas rádios, Wasting Love, da banda heavy metal, Iron Maiden.

Pro mundo todo, aquilo foi uma enorme surpresa.

Afinal, uma banda de heavy metal, que tinha mais ligações com o diabo do que com qualquer outra coisa, surge nas rádios, tocando uma balada...

Era de se estranhar.

Mas foi assim que eu conheci o Iron Maiden.

Aliás, se eu aparecesse em casa com uma camiseta da banda, provavelmente me tornaria um sem-teto em questão de segundos.

Mas, enfim, foi na casa de um amigo, já que lá tinha antena parabólica, que eu pude conferir esse vídeo, totalmente herege [hoje, eu diria supostamente, mas na época, eram tempos mais inocentes] da banda inglesa em seu momento mais... calmo, até então.

O mais engraçado que, além de Wasting Love, eu sou curto uma outra música do Iron, chamada The Wickerman, que se deu no álbum de 2000, quando Bruce Dickinson voltou à banda após uma carreira-solo de sete anos.

Então, eu não sou o grande fã da banda – e muito provavelmente o verdadeiro fã de Iron Maiden nem curta Wasting Love, já que ela nunca está nos set list’s dos shows.

Enfim, vinte anos depois, e a letra continua a fazer todo o sentido, a sonoridade continua imbatível, e a música como um todo ainda é espetacular.

Eu não poderia deixar a data passar em branco.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A ARTE DE JOSÉ LUIS GARCÍA-LÓPEZ

ELLEN ROCHE COMO LARA CROFT

ME SENTINDO COMO VAL KILMER - 2