JON FAVREAU FORA DE HdF 3

A Marvel perdeu seu melhor diretor.

É engraçado tentar entender certas situações. Quando Homem de Ferro fora anunciado, com Favreau na direção, Downey Jr. como Tony Stark e Terrence Howard como James Rhodes, o único em quem eu acreditava era Terrence Howard.

Eu tinha acabado de assistir a Beijos e Tiros, protagonizado por Robert Downey Jr. e ele não empolgava - ao menos o persoagem não.

E o melhor filme de Favreau era Um Duende em Nova York - uma comédia média.

Com a chegada do filme, tudo mudou. Downey encarnou Tony Stark de uma maneira fantástica e roubou o filme pra si. A própria concepção da história foi uma espécie de reinvenção do "super-herói".

Homem de Ferro 2 chegou e manteve o mesmo status.

Porém, Favreau teve problemas. Para acertar sua volta ao Vingador Dourado, foram negociações intermináveis. Ele chegou a dizer que sentia que a Marvel o subestimava.

Para garantir Mickey Rourke como um dos vilões, também foram intermináveis negociações.

A Marvel dispensou Terrence Howard da sequência, provavelmente para trazer um Rhodes mais barato, Don Cheadle.

E agora, para Homem de Ferro 3, Favreau não estará disponível. Fica bem clara a posição da Marvel que, dizem, é durona na hora de acertar contratos.

Porém, quem perde com isso? Ela mesma.

Jon Favreau iria dirigir o filme dos Vingadores. Acabou saindo e Joss Wedhon assumiu a cadeira. E agora, com sua saída da terceira aventura do ferroso, quem pode substitui-lo?

Mark Millar já indicou Shane Black, roteirista dos dois primeiros Máquina Mortífera e roteirista e diretor de Beijos e Tiros.

Até 2013, saberemos quem assumirá a bronca.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A ARTE DE JOSÉ LUIS GARCÍA-LÓPEZ

ELLEN ROCHE COMO LARA CROFT

ME SENTINDO COMO VAL KILMER - 2