GILDA

Cecília e Otávio se conhecem há bastante tempo. Desde a época da escola.

Ela, filha do mais respeitado médico da pequena cidade em que moravam. Ele, um pé-rapado.

Mas por ser um batalhador, atraía a admiração do Dr. Marcel, pai de Cecília e responsável pelo parto do rapaz.

Frequentemente Cecília e Otávio se encontravam. Afinal tinham a mesma idade e estudavam na mesma escola. Geralmente brigavam. A garota tinha uma fleuma aristocrática que irritava o rapaz. Mas ela gostava dele. De uma forma que beirava o romântico.

Otávio passou por fases.

De garoto inocente a pós-adolescente, conhecendo o sexo - e as garotas fáceis - e chegando à vida adulta.

Cecília se apaixonou lá atrás, quando ele ainda era inocente. E brincava de se apaixonar. E era ela quem sempre lhe dizia que a garota da vez não queria nada com ele.

Ela gostava dessa inocência dele. Achava romântico.

Até que ele atingiu a pós-adolescência e conheceu o sexo e as garotas fáceis. Como Gilda, com seus biquinis minúsculos, quando todos se reuniam para ir ao clube.

Otávio então descobriu a libido e suas mãos não saiam do corpo - mais precisamente da cintura - de Gilda.

E Cecília viu.

E ficou louca de ódio.

E eles brigaram.

E ela foi para o Chile.

E por lá ficou por dez anos.

Voltou, se tornou uma obstetra de renome, com clínica muito bem estabelecida na cidade grande.

E num desses passeios de final de semana, ela o encontra.

Otávio continua o mesmo pós-adolescente, porém com 30 anos, usando um moicano discreto e adotando o ofício de gerente de loja de roupas.

Cecília, por sua vez, aparenta ser cinco anos mais velha, com óculos sem aro e cabelos curtos, lembrando uma inglesa classuda.

Ambos estão sozinhos.

Batalharam muito para chegar aonde queriam. Mas no campo do amor...

Marcaram de se encontrar. Num bar. Uma cerveja levou a outra e dessa chegaram a uma dúzia. No meio da conversa, Otávio notou que Cecília perdera aquela arrogância de outrora. Estava charmosa.

Anoitece. Ela decide ir. Ele se oferece para acompanhá-la.

Não chegam à esquina. Otávio a encosta numa árvore e começa a beijá-la com intensidade. Cecília corresponde. Os lábios de Otávio descem até o pescoço de Cecília. suas mãos correm até a cintura.

Cecília põe suas mãos sobre as dele e as leva até suas nádegas.

 - Faz comigo o que fez com a Gilda! - ela sussurra.

 - Que?! - ele se surpreende, mas não para - Quem é Gilda?

 - Faz comigo o que fez com a Gilda! - ela insiste.

E eles ficam naquele frenesi vulcânico. Otávio se concentra no corpo de Cecília, que por sua vez, se regozija porque finalmente chegou sua hora de ser a Gilda.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ELLEN ROCHE COMO LARA CROFT

A ARTE DE JOSÉ LUIS GARCÍA-LÓPEZ

ME SENTINDO COMO VAL KILMER - 2