OS NOVOS FILMES BASEADOS EM, AHN, SUPER-HEROIS?

Vou falar de três. São os três que mais estou "por dentro" - o que não significa muita coisa, pois sei tudo e um pouco menos que o Omelete, por exemplo, sabe.

Mas bem, tem um filme chamado Scott Pilgrim que eu nunca tinha ouvido falar, mas descobri que originalmente era uma HQ e agora até será publicada no Brasil.

Voltando às três produções que eu prometi comentar, bem, uma delas está firme para o início das filmagens em junho; a segunda está na metade do caminho e a terceiro nem saiu do papel ainda.

Capitão América, Homem-Aranha 4 e Mestres do Universo.

Muitos fãs imaginaram ver Matthew Mcconaughey vestindo o uniforme do Sentinela da Liberdade. Particularmente, gosto de dois filmes com o ator: U-571 A Batalha do Atlântico e EDtv.

Mas o sonho durou pouco quando a Marvel desmentiu os boatos. Kevin Feige, diretor da Marvel Studios, declarou que um astro de renome internacional seria o líder dos Vingadores.

Imaginaram Tom Cruise, Will Smith e até Leonardo DiCaprio.

Porém após uma seleção de uma dezenas de candidatos, ninguém menos que Chris Evans foi convidado a encarnar o papel. E aceitou.

Photobucket

Dizem que os fãs não gostaram da escolha. Até com razão porque, topar ser o Tocha Humana num filme do Quarteto Fantástico com um Coisa de napa, cuja única boa do filme é uma música do Velvet Revolver, é moleza. Agora ser um personagem criado há 70 anos, aí a coisa complica.

As declarações de Evans, após ter aceito o convite, também não o ajudaram e talvez evidenciaram que a escolha não tenha sido a mais certa.

"Eu acho que a Marvel está fazendo muitas coisas boas. Acho que a história de Steve Rogers é ótima. Ele é um cara sensacional. Eu nunca tive o costume de ler histórias em quadrinhos, mas sei que elas ficam fantásticas em um filme! Não sei se o Capitão vai ser o líder dos Vingadores. Ele é um cara do bem, Mas é ele o cara que manda? Duvido que o Capitão consiga mandar em Robert Downey Jr. E Ele é uma figuraça!"

Talvez, ao contrário da sinopse divulgada pela Marvel, o Capitão não venha a ser o líder dos Vingadores - e sim o Homem de Ferro. É bem provável que se um astro do calibre de um, ahn, Leonardo DiCaprio assumisse o posto, Robert Downey Jr. não seria o mega-astro do estúdio. Isso pode ter acontecido com Terrence Howard em Homem de Ferro 2, já que quando aceitou o papel de Jim Rhodes para o primeiro filme, seu salário foi maior até do que o do próprio Downey. Para o segundo, a Marvel tratou de retira-lo da produção.

De qualquer forma, Hugo Weaving pode encarnar o Caveira Vermelha e isso é um fato positivo. É bem provável que ele tome o filme para si.

Já com a quarta aventura do Homem-Aranha, a Sony decidiu mudar tudo. Ejetou Sam Raimi da cadeira de diretor; Tobey Maguire e Kirsten Dunst passaram seus papeis adiante e a data de lançamento - que a Sony queria para 2011 - foi empurrada em um ano.

Mark Webb, diretor de [500] Dias Com Ela, ganhou a disputa e agora levará uma nova versão do heroi para os cinemas. O grande problema é que a Sony decidiu fechar a torneira. Para você ter uma ideia, Homem-Aranha 3 custou 258 milhões de dólares e rendeu quase 890. Já nesse Homem-Aranha 4, o estúdio liberou menos que um terço do orçamento do anterior.

Agora, com todas aquelas acrobacias entre Tobey Maguire, James Franco e os vilões, utilizando muitos efeitos, apesar da forma até simples de direção de Raimi, os custos já eram altos, imagine com um orçamento limitado.


A ideia é partir para um novo formato, focado mais em Peter Parker e seus dilemas com a adolescência - como Brian Bendis o fez em Homem-Aranha Ultimate e nos novos desenhos do heroi - do que nas aventuras cheias de pirotecnia.

Vários candidatos apareceram para encarnar o heroi aracnídeo, inclusive Robert Pattinson, o vampiro-galã da saga Crepúsculo. Mas todos foram desmentidos. O último que apareceu - e também já fora demitido - foi Logan Lerman, protagonista da série Percy Jackson.

Até 2012 muita água ainda correrá pela ponte.

Masters Of The Universe, Eternia e Grayskull já foram nomes do novo filme de He-Man. E até agora nada aconteceu.

A primeira notícia de um novo filme surgiu em 2004 e os rumores não poderiam ser melhores: John Woo, o mestre do filme de ação com estilo, iria produzir e dirigir a obra. Um dos candidatos ao papel de Príncipe Adam/He-Man era ninguém menos que Dwayne Johnson [tudo bem, sou fã do cara e o imagino encarnando até o Cavaleiro da Lua] e Nicolas Cage chegou a conversar com o diretor chinês para encarnar o vilão Esqueleto. Embora agenda de Woo cada vez mais se enchia, tudo corria corretamente para o filme do heroi de Eternia. Pelo menos até 2006, quando a Fox, estúdio por trás da produção, desistiu de desenvolver o longa.

No ano seguinte, Joel Silver, um dos maiores produtores de Hollywood, assumiu o projeto através da Warner Bros. e o roteiro caiu nas mãos de Justin Marks, então garoto-prodígio de Hollywood, cujas cartadas eram o próprio roteiro de He-Man, um de Street Fighter [que se tornou da Chun Li] e um outro sobre uma fuga em massa numa prisão de meta-humanos onde apenas um heroi sem poderes lutaria para levá-los de volta. A ideia seria utilizar Oliver Queen, o Arqueiro Verde na trama. Mas como todas as boas e originais ideias acabam por desaparecer, esse filme do Arqueiro Verde não vai mais rolar. Voltando a He-Man, a ideia da Warner seria utilizar efeitos como os vistos em 300. E o nome do filme seria Grayskull e não mais Masters Of The Universe.

Em janeiro de 2009, John Stevenson - co-diretor do êxito, Kung-Fu Panda - foi contratado para dirigir o filme. Porém nove meses depois, o projeto voltou para a gaveta, quando a Warner desistiu de levá-lo para as telas.

Não muito tempo depois, porém, um novo estúdio se interessou pela produção: desta vez, a Columbia Pictures. Agora, Mike Finch e Alex Litvak, roteiristas do novo Predators, assumiram a tarefa de escrever o filme. E agora, o nome da produção voltou a ser Masters Of The Universe.

Mas quem garante que o filme sairá? E mais: será bom?


Aguardemos.

Fontes: G1, MdM, Cinema em Cena.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A ARTE DE JOSÉ LUIS GARCÍA-LÓPEZ

ELLEN ROCHE COMO LARA CROFT

ME SENTINDO COMO VAL KILMER - 2