Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2008

VAL – MAIS UMA HQ...

Imagem
Olá, pessoal, tudo bens? Estamos de volta para atualizar o blog – mais precisamente a seção 200 Quadrinhos por Segundo. Desta vez, uma HQ do Val - ...EU SOU LENDA - , com arte do cool Nel Angeiras, que atualmente emprega seus esforços na revista do Penitente – que você com certeza já ouviu falar...

Bom, enjoy, e até a próxima...

Abraço!!

Ahhh, LIV TYLER...

Imagem
Olá, mes amis, tudo bens?

É verdade, assisti a O Incrível Hulk, nova tentativa da Marvel de ver uma de suas crias fazer sucesso nos cinemas. Pô, e já começa muitíssimo bem, com a escolha do ator para viver o Dr. Robert Bruce Banner: Edward Norton, de A Outra História Americana, Cartas na Mesa, Clube da Luta e Tenha Fé (nesse último, Norton estrelou e dirigiu), entre muitas outras produções em que ele sempre brilhou.

Para viver o grande amor de sua vida, Dra. Betty Ross, Liv Tyler, musa de todos os filmes em que atuou - e de quem falo mais, logo abaixo. O grande elenco é ainda completado com o excelente Willian Hurt, de Corpos Ardentes (numas cenas pra lá de quentes com Kathleen Turner, quando esta ainda era gostosa) e Tim Roth, que fez nada menos que o filme pra macho dos anos 1990: Cães de Aluguel, de Quentin Tarantino.

Já o diretor... Louis Leterrier dirigira o divertido Carga Explosiva e conseguiu fazer de Jason Sthatan um astro dos filmes de ação. Mas além disso, nada.

Em O Incrível H…

PRÓXIMAS EMOÇÕES...

Imagem

CAFETÃES NÃO COMETEM SUICÍDIO!

Imagem
Fazia tempo que eu não assistia a tantos filmes num ritmo tão bom. Citarei aqui alguns de meus favoritos. Um filme-família, uma ficção e um exemplar legítimo de David Cronenberg. Vamos nessa:

SENHORES DO CRIME

Originalmente, essa obra se chama "Promessas do Leste", já que a trama se concentra no fato do promissor "mercado negro da prostituição e escravidão sexual vindo do leste europeu". Naomi Watts interpreta uma parteira que se vê no meio de uma conspiração, quando faz um parto onde a mãe morre. Como a jovem mãe não fora identificada, a parteira acaba por ficar com seu diário para tentar encontrar sua família. Porém, o que ela consegue arrumar mesmo é encrenca da grossa.

Viggo Mortensen entra na parada como motorista de um proprietário de restaurante - que parece saber mais do que realmente entrega - e seu filho, um rapaz "difícil".

Nem é preciso dizer que o destino trata de botar Mortensen e Watts lado a lado, numa trama simplesmente simples e genial.

Morte…

MAIS LEITURAS...

Imagem
Fala, turma! Estou até que numa boa fase de leitura de quadrinhos nacionais. Aliás, é só o que eu ando lendo ultimamente. Vou divulgar aqui, então, mais três exemplos de quadrinhos de qualidade. Vamos lá...
SUBVERSOS # 1
Revistas como a SUBVERSOS me fazem pensar no quanto há talentos em toda a parte do Globo, e muitos deles sequer são notados. A turma reunida para essa edição de estréia é muito boa.

São onze histórias dos mais variados estilos. Adorei algumas HQs; outras, achei muito boas, e outras ainda, interessantes.

Igor Shin, Vini Visentini & André Oliva, José Nunes & Alescio Vieira, Jader Correa & Matias Streb, Sueli de Oliveira, Akira Sanoki, Rafael Calça, Rafael Andres, Bruno Medrado & Sueli Mendes & Mauro Salgado & André Valle, Bruno Hazov, Allan Rocha, Flávio Tirapeli, Zizo e Alexandre Manoel são o esquadrão talentoso da edição. E se levarmos em conta a varidedade de materiais que eles receberam para a próxima edição, podemos esperar por uma Subversos # …

ELEIÇÕES...

Pois é, para algumas cidades, onde não há segundo turno, as eleições 2008 já se findaram. É o caso da minha, com 65 mil eleitores aproximadamente.

Já disse aqui que gosto de política e tal. Confirmo isso. Gosto muito dessa parte dinâmica da política, o conflito de propostas, a busca ao eleitor. Vejo os políticos como vendedores (e sei que estou sendo redundante quando digo isso, mas...) que vendem sua imagem a cada aperto de mão, cada troca de palavras. E o dia da eleição é o dia do fechamento do mês, dia de cumprir a meta. De colher aquilo que se plantou durante todo o ciclo de propostas.

Em minha cidade, aconteceu um fato inesperado: o candidato para quem eu votei ganhou. Não, não foi esse o fato inusitado. E sim, porque ele estava em terceiro nas "pesquisas". Vamos destrinchar um pouco isso...

O atual prefeito, candidato a reeleição, era o A, apontado como franco-favorito, com apoio do atual governador e um deputado estadual muito influente. O candidato B, um médico bastante…