Inícios, Amizades e Boas novas...


Lá pelos idos de 2002, eu vivia em busca de novos quadrinhos nacionais, principalmente porque não tinha muito contato com outros quadrinhistas. Eis que adquiri uma edição da revista indie Made In Brazil Quadrinhos. nas páginas da MIB tomei conhecimento de muita gente talentosa pelos lados do Rio Grande do Sul. O que mais me chamou atenção apresentou uma história muito bacana que narrava as aventuras de um grupo de revolucionários contra um sistema totalitário virtual. Estou falando de Cidade Cyber e seu criador, Law Tissot. Através do primeiro contato com Law, pude adquirir as 4 primeiras edições de Areia Hostil, zine (na época era) editado por ele e Lorde Lobo. Minha intenção inicial era formar uma parceria com Law para produzir algumas histórias de um personagem que eu havia acabado de criar: VAL. Porém, Law acabou recusando a proposta (educadamente me explicou que seu tempo era escasso e ele estava muito envolvido com as tramas de Cidade Cyber) e por incrível que pareça me incentivou a continuar sozinho com as desventuras de Val, pois via que meu desenho estava à altura da produção. Com tal incentivo e a proposta de Lorde Lobo – que rapidamente se tornou um dos grandes amigos que fiz nos quadrinhos – de entrar pro rol de artistas da Areia Hostil, eis que pude produzir várias histórias do personagem e conduzi-lo ao ponto em que está hoje. Por isso – e muito mais coisas – agradeço e sempre serei grato a Lorde Lobo e Law Tissot pela minha entrada definitiva no mundo dos quadrinhos.
E para minha grata surpresa, na edição 15 (dezembro de 2006) de Areia Hostil, eis que Val dá as caras no traço de Law Tissot. E mais: ele agora é um dos personagens de Cidade Cyber. No final da saga Vortex: A Vingança da Maria Cyberpunk, Val torna-se o chefão da Cidade Cyber. Cara, isso foi cool demais!!!

Porém, não é só isso...

Law já havia produzido, dirigido e estrelado dois curtas-metragens com as tramas de Cidade Cyber. No primeiro, Lorde Lobo dá as caras como o vilão numa participação superespecial. E agora, no terceiro, é Val quem está na trama. Bati um papo tanto com o criador da trama, Law, quanto com o intérprete de Val e estarei divulgando essa matéria logo, logo.

Ficou interessado(a)/curioso(a)? Então, visite o Setor 8, o espaço que o sr. Tissot usa para divulgar seus trabalhos, falar um pouquinho de Mad Max, e mostrar porque é um dos melhores quadrinhistas independentes do país.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ELLEN ROCHE COMO LARA CROFT

A ARTE DE JOSÉ LUIS GARCÍA-LÓPEZ

ME SENTINDO COMO VAL KILMER - 2