Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2007

Breve – VAL # 2...

Imagem
Em 2004, nas páginas da revista indie, Areia Hostil, lancei o que se pode dizer de minha mais importante minissérie: VAL – REVOLUÇÃO.

Na saga, Val vai parar no limbo dos heróis esquecidos e por lá, fomenta a tal ‘revolução’ do título. Há participações especiais de heróis baseados em outros heróis nacionais. Raio Negro, Fantasticman, Mylar, Capitão Sete, Myrza, entre outros me serviram de inspiração para criar a série. Durante dois anos (abrangendo as edições 10 a 13 de Areia Hostil) percebi que o Val conquistou alguns novos leitores. Fiquei intrigado e ao mesmo tempo, lógico, fascinado pelos comentários das pessoas em relação à saga.

Levei basicamente um ano para escrever a saga que ao todo, possui 19 páginas. Criei dois inícios diferentes e três desfechos. O quarto será usado na edição compilada. O maior desafio era mostrar um monte de personagens diferentes e fazê-los interagir de forma correta ao mesmo tempo em que o ‘recado’ era passado. Também tinha que ter ação, pois era muita …

Cultura Inútil...

Imagem
Essa é para mostrar como os roteiros “viajam” de mão em mão, em Hollywood. Dois filmes que devem estrear em 2007, chegam aos cinemas bem diferentes de quando ouvimos a respeito dos mesmos pela primeira vez.

O primeiro é a nova produção de Adam Sandler,“Eu Os Declaro Marido e... Larry”. Nos anos 90, quem iria estrelar a produção – tida como um drama – eram Nicolas Cage e Will Smith. A história girava em torno de um bombeiro (Cage) que salva a vida de um homem comum (Smith). E para retribuir o favor, o homem aceita casar-se com o bombeiro para que ele, viúvo e pai de um menino, não perca um auxílio financeiro do governo.
Embora o gênero obviamente ido para a comédia, a produção levou quase 10 anos para ser filmada.

Outro filme é “3:10 To Yuma”. Estrelada por Russell Crowe e Christian Bale, a produção já esteve nas mãos de Tom Cruise. Cruise (que faria o papel que hoje é de Crowe) convidou Eric Bana (que faria o papel que hoje é de Bale) para co-estrelar a produção, e provavelmente Steven S…

Essa é para quem quer publicar a sua própria história.

Imagem
Samicler Gonçalves, criador do personagem Cometa, estará lançando em 2008 uma revista chamada Grandes Encontros. A iniciativa partiu após ele perceber que havia muitos pedidos de encontros de Cometa com outros personagens/super-heróis nacionais. Já na revista do Cometa, o próprio já vinha travando contato com alguns heróis da velha guarda nacional e outros mais atuais, como Raio Negro, Escorpião e Crânio.
A revista Grandes Encontros terá periodicidade trimestral, formato americano, 28 paginas coloridas, e a mesma qualidade da revista do Cometa. "Os encontros não precisam ser necessariamente com o Cometa, a revista esta aberta a qualquer encontro desde que obedeça aos requisitos", disse Samicler numa lista de discussão na internet. "É aberto a roteiristas, desenhistas, arte finalistas, coloristas e autores independentes" conclui. As normas para participar seguem abaixo: 1) Apresentação de um projeto com: nome, descrição e desenho colorido com as características físic…

O Doloroso Processo de Transportar uma HQ pros Cinemas

Imagem
Sei que esse é um assunto complicado, batido e até chato. Mas devido às últimas produções cinematográficas baseadas em HQs, acredito que ainda há espaço para bons debates.
Muita gente acredita que não há como agradar aos fãs de quadrinhos e é impossível ser fiel quando muda-se a mídia.

Perdoem-me essas pessoas, mas acredito que não é por aí.

Um grande exemplo é Superman, o Filme, de 1978. A produção fora problemática, tinha um diretor quase estreante – antes havia feito ‘apenas’ a trilogia A Profecia – (e fora demitido durante as filmagens, já que Superman I e II foram filmados conjuntamente), Richard Donner (hoje mais conhecido como diretor da tetralogia Máquina Mortífera), um casal de protagonistas desconhecido – Christopher Reeve e Margot Kidder - e dois astros; um como vilão, Gene Hackman, outro, numa participação muito especial e tendo seu nome encabeçando o elenco, Marlon Brando. O roteiro não era fiel às HQs. Pra você ter uma idéia, o seriado Smallville, dadas as devidas propor…

Os F.E.D.E.R.A.L.

Imagem
Há uns 15 anos, Anderson Cossa e eu criamos uma equipe de super-heróis bem diferente. Eles não tinham graaaandes poderes, nem eram muito espertos, mas se achavam no direito de serem os maiores heróis do país. Eles eram a Força da Justiça!

Em seus primórdios, a Força da Justiça era composta por Homem-Detergente (já como líder), Azarado, Moscão, Analfabeta e Bolha.

Sua primeira incursão seria deter o maligno... Zé Vagabundo (!!), um mendigo que gostava de se dar bem às custas alheias.

Infelizmente essa história nunca fora contada ou desenhada.

O tempo passou e a Força da Justiça saiu de cena. Caí na besteira de viciar em seriados cheios de melodramas, como Barrados no Baile, Melrose, essas porcarias todas – como esse tal Lances da Vida que hoje passa no SBT. Aí, resolvi propor ao Anderson de levar a Força da Justiça para o dramalhão e transforma-los em adolescentes desajustados e carentes. Não deu certo!

Então, tentamos transforma-los em vilões. Também não tinha potencial. A resposta foi en…

Nunca Desista!!!

Imagem
Quando trabalhava com vendas de Consórcios, numa determinada reunião motivacional, meu gerente botou essa foto no telão com as palavras que abrem esse post. Tal feito mexeu muito comigo porque na época eu passava por situações complicadíssimas - bom, ainda não estou muito melhor, mas, um pouco ao menos, heh! Então, resolvi fazer isso aqui em meu blog até mesmo para homenageá-lo. Não sei o que você está passando neste momento - de repente está com problemas que acha ser maiores que você, ou não. Independentemente disso, meu conselho é: Acredite. Sempre! Tenha um excelente dia!!

FALANDO NISSO...

Imagem
No post anterior, eu resenhei duas revistas em quadrinhos que estão nas bancas de todo país. Como ambas são de material estrangeiro, quero equilibrar um pouco as coisas e divulgar aqui alguns dos zines que li nos últimos tempos - e recomendo.

JUSTIÇA ETERNA – Zine multipremiado do meu amigo, Sergio Chaves. Na edição 24, de junho último, Chaves conversou com Anita Costa Prado, vencedora dos prêmios de melhor roteirista e lançamento do ano, por Katita – Tiras Sem Preconceito, no 23º Troféu Ângelo Agostini. JEZ como é mais conhecido, tem 16 páginas, no formato A5 e custa R$ 2,00. maiores detalhes e contato através do próprio criador.

HERÓIS BRAZUCAS – Francinildo Sena, editor e idealizador do zine há pelo menos 6 anos, divulga, apresenta e produz HQs com os maiores super-heróis da história do país. Além de Heróis, Francinildo também edita o zine de sua maior criação: Crânio. Entre em contato com o editor porque tanto Heróis Brazucas quanto Crânio valem a pena.

TROPA DE HERÓIS –Lico Mota é e…

GUERRA CIVIL #1 e GRANDES ASTROS: SUPERMAN #6

Imagem
Meu amigo, Anderson Cossa, me emprestou duas revistas em quadrinhos essa semana. Dois materiais de alta expectativa, com grandes artistas envolvidos. Os resultados? Um bom; o outro... médio.

Vamos começar pelo bom... Guerra Civil #1 (sempre que ouço falar ou vejo algo a respeito dessa saga, me vem à mente a música Civil War, do Guns N’ Roses). Estrelas de um reality show de quinta, a equipe de jovens heróis da Marvel, os Novos Guerreiros, resolve encarar alguns vilões poderosos demais para eles. A conseqüência dessa manobra é a morte de algumas centenas de cidadãos americanos inocentes. Tal catástrofe faz os habitantes daquele país refletirem a respeito da real segurança que super-humanos mascarados trazem ao mundo. Até mesmo nas comunidades super-heróisticas, tal fato causa divisões.
Com Mark Millar no roteiro; o esforçado Steve McNiven nos desenhos e Dexter Vines na (excelente) arte-final, Guerra Civil dá um sopro de revitalização no universo Marvel.…

Inícios, Amizades e Boas novas...

Imagem
Lá pelos idos de 2002, eu vivia em busca de novos quadrinhos nacionais, principalmente porque não tinha muito contato com outros quadrinhistas. Eis que adquiri uma edição da revista indie Made In Brazil Quadrinhos. nas páginas da MIB tomei conhecimento de muita gente talentosa pelos lados do Rio Grande do Sul. O que mais me chamou atenção apresentou uma história muito bacana que narrava as aventuras de um grupo de revolucionários contra um sistema totalitário virtual. Estou falando de Cidade Cyber e seu criador, Law Tissot. Através do primeiro contato com Law, pude adquirir as 4 primeiras edições de Areia Hostil, zine (na época era) editado por ele e Lorde Lobo. Minha intenção inicial era formar uma parceria com Law para produzir algumas histórias de um personagem que eu havia acabado de criar: VAL. Porém, Law acabou recusando a proposta (educadamente me explicou que seu tempo era escasso e ele estava muito envolvido com as tramas de Cidade Cyber) e por incrível que pareça me incenti…

Pelos poderes...

Imagem
Os quadrinhos sempre se fizeram presentes em minha casa. Sendo o mais novo de três irmãos, meu acesso às HQs se deu dessa maneira. A diferença é que, enquanto minha irmã e meu irmão curtiam Mônica e sua turma, eu era chegado nos super-heróis Marvel/DC.

Nessa época, início dos anos 80, apareceu na TV um campeão que se auto-intitulava o “homem mais poderoso do universo”. Estou falando de He-Man e os Mestres do Universo (na minha época era Defensores).

Não tinha quem não o defensor de Etérnia (mundo do herói) cujas aventuras, tornaram-no uma “febre” no Brasil.

Agora, mais de vinte anos depois, uma caixa em DVD contendo a primeira temporada das aventuras do herói, é lançada para deleite dos fãs e saudosistas. O preço estimado é de R$ 100,00.

Curiosamente, na semana passada, descobri que a TV Record estava exibindo os desenhos da segunda temporada. E foi interessante redescobrir aqueles personagens. Engraçado foi perceber o quanto um desenho animado tão bobo pôde agremiar tantos e tantas fãs.…
Imagem
Ultimamente não ando lendo muitos quadrinhos, mas um título que sempre fiz questão de acompanhar é ESQUADRÃO SUPREMO, publicado freqüentemente na revista Marvel MAX, pela editora Panini. Esquadrão Supremo como já diz o nome conta a história de uma equipe que, a serviço do governo norte-americano, luta contra o “terror”. Nem sempre foi assim; antes de se chamar Esquadrão Supremo, o título da revista era Poder Supremo e mostrou com muita categoria a origem desses personagens que formam o Esquadrão. Criado na década de 70, Esquadrão Supremo veio ao mundo para enfrentar a superequipe da Marvel, Os Vingadores, já que o encontro destes com os maiorais da DC, a Liga da Justiça havia ido pra vala – bom, finalmente esse confronto aconteceu após 20 anos de espera. Particularmente, eu achei a trama idiota e infantil, e não valeu esperar tanto tempo por isso. Cópias descaradas da Liga da Justiça, o Esquadrão cumpriu seu papel e saiu no braço com os Vingadores. Porém, por incrível que pareça, a eq…

E a seleção brasileira...

Imagem
É... e não é que o Brasil fora campeão da Copa América, quando tudo e todos (inclusive o próprio Dunga, com certeza!!) levava(m) a crer que seria uma barbada pra Argentina?!!? Bom, fica a lição... quando alguém lhe disser que o que você faz é um lixo, use o exemplo da seleção e diga: “Ué... Todo mundo falou que a seleção do Dunga era uma reborréia. E os caras não acabaram sendo campeões? Então...” e já parafraseando Zagallo, emende... “Vocês vão ter que me engolir!!”

Filmes da semana – 4 Luxos e 1 Lixo

Imagem
Semana passada aconteceu algo meio raro em minha vida corrida. Consegui assistir a 5 filmes. Segue aí minha opinião:

Luxo 1 – CAMISA-DE-FORÇA – desde o início da produção me interessei por esse filme, estrelado por Adrien Brody (então vencedor do Oscar de melhor ator, por O Pianista), Keira Knightley, Kris Kristofferson, Jennifer Jason Leight e Daniel Craig. Camisa-de-Força conta a história de um homem que em plena guerra do Golfo (a primeira) toma um tiro na cabeça e quase morre. Voltando para casa, ele encontra mãe e filha paradas numa estrada deserta com o carro quebrado. Fazendo amizade com a filha – uma menina de aproximadamente 10 anos – ele consegue resolver o problema do veículo. A mãe, uma mulher viciada em bebida, nem vê o cara e simplesmente entra no carro, o liga e vai embora com a filha. Pouco depois, o veterano da guerra consegue carona. A partir daí as coisas se complicam porque ele é acusado de assassinar um patrulheiro da polícia. O problema é que ele não se lembra do…

Um Cara Chamado VAL

Imagem
Em janeiro lancei meu primeiro zine ao mundo: VAL. Val é um cara fissurado em quadrinhos e briga com qualquer que o maltrate – ou ao menos os chame de “gibis”. Val fora criado em 2001 e de lá pra cá vinha sendo publicado nas edições da revista independente Areia Hostil. Porém, a vontade de criar uma revista própria pro personagem sempre me perseguiu e eis que aconteceu neste ano de 2007. Além da edição de estréia já programei mais duas para o personagem: em Val # 2, vem a compilação da saga REVOLUÇÃO. Os desenhos ficaram a cargo de Toni Francis e Paulo Sbragi. E em Val # 3, a idéia é trazer várias histórias isoladas, com diversos amigos desenhistas em participações especiais.
Serviço:
Val # 1 – janeiro/2007. 32 páginas. Capa colorida. R$ 3,00.
Roteiros: meus
Desenhos: Anderson Cossa, Denis Pacher, Gerson Witte, Israel Gusmão e Nel.
Contato: vagnerfranc@gmail.com
Adquira o seu e ajude esse seu amigo quadrinhista e continuar com seu sonho de dominação global, ah, ah, ah, ah!!!
Imagem
E aí, pessoal, tudo bem?
Estou começando, com muito entusiasmo, uma nova fase em minha vida, ao inaugurar esse blog. Sendo plenamente sincero, estou apenas seguindo o exemplo – e conselho – de meu amigo, Anderson Cossa.

Esse desejo de ter um espaço virtual onde pudesse me expressar e divulgar meu trabalho é antigo; desde a época de meu início na Areia Hostil. Além daqui, também mantenho uma coluna no Zine Brasil, capitaneado pela amiga Michelle Ramos, chamada Registros Dissonantes. Não deixem de conferir.

É isso. Agradeço as visitas e peço que fiquem por aqui, heh!!

P.S.>>> a foto acima foi tirada por meu amigo, Anderson Cossa, no salão do HTC, clube de Cambé, onde mais tarde aconteceu uma homenagem a nosso amigo Xexéu, o fotógrafo + aloprado do mundo!!